Como escolhemos entre o bom e mau comportamento Reviewed by Momizat on . Qual é a mais recente pesquisa? Uma comparação entre estudos científicos sobre o comportamento moral e imoral sugere que os indivíduos são atraídos por boas ou Qual é a mais recente pesquisa? Uma comparação entre estudos científicos sobre o comportamento moral e imoral sugere que os indivíduos são atraídos por boas ou Rating: 0
Você está aqui:Home » Cotidiano » Como escolhemos entre o bom e mau comportamento

Como escolhemos entre o bom e mau comportamento

Qual é a mais recente pesquisa?

Uma comparação entre estudos científicos sobre o comportamento moral e imoral sugere que os indivíduos são atraídos por boas ou más ações, dependendo de como eles recordam as suas escolhas anteriores.

Quando as pessoas se deparam com um dilema moral e lembram do seu passado de forma mais abstrata, ou seja, como alguém que criou uma forte noção moral, eles são mais propensos a agir de forma benéfica. Mas quando as ações passadas são recordadas concretamente, ou seja, como algo que produziu um bom resultado mensurável, os indivíduos são mais propensos a compensar esse comportamento se envolvendo em atos menos nobres.

uncertainty principle
Mathieu Bertrand Struck / Foter / CC BY-NC-ND

Qual é a grande idéia?

Pesquisadores sugerem que a forma como nos vemos desempenha um papel essencial na forma como vamos agir quando confrontados com um dilema moral. “Alguns dizem que a melhor maneira de convencer os outros de que somos confiáveis é primeiramente nos convencer; manter uma consciência limpa seria um meio para a manipulação. Outros, incluindo o economista Roland Benabou de Princeton, argumentam que isso torna mais fácil resistir às tentações da pouca visão: quando você acha que é bom, a escolha de ser bom torna-se automático.”

Assim, para incentivar o bom comportamento, devemos nos concentrar na identidade como o caminho do bem moral e não no resultado da ação.

A conclusão parece lógica para alguns, mas, se fosse regra no Brasil, o jeitinho brasileiro não seria uma constante. Aqui é necessário que cada leitor deste artigo faça a sua reflexão pessoal e chegue a uma conclusão, a partir de sua vivência. Parafraseando Morpheus, no filme Matrix. “Eu estou tentando libertar sua mente. Mas eu posso somente lhe mostrar a porta. Você é que precisa atravessá-la.”.

Uma frase que um grande amigo disse, veio a mente agora: “Caráter é o que você faz quando ninguém está te vendo”. Acredito que essa frase derive do pensamento de Epicuro, que disse: “Caráter é aquilo que você é quando ninguém está te olhando”.

 

Fonte: Ny Times

 

Podcaster Brasileiro, Consultor em TI, Empreendedor e Livre Pensador.

Facebook Twitter LinkedIn Google+ Flickr YouTube Vimeo 

© 2013 Powered By Wordpress - Codigo Livre Cast

Voltar para o topo