Patriotismo não precisa de chuteiras

Patriotismo não precisa de chuteiras

16 de junho de 2010 3 Por Bia Kunze

Eu gosto dessa época de Copa do Mundo. Gosto de ver as bandeiras nas fachadas, as pessoas vestidas de verde e amarelo, as crianças com cornetas… ok, as cornetas não. Mas é uma época bonita… as pessoas brincam, se confraternizam, reúnem os amigos.

Mas acho que ultimamente tem havido um exagero, esse negócio do país parar. Bancos mudam de horário, supermercados e lojas baixam as portas… ainda que você não dá a mínima para futebol, é obrigado a parar também. Ai do patrão que não liberar seus funcionários para ver o jogo! Uma TV no refeitório da firma não é mais suficiente, o povo quer se encontrar com seus chegados, tomar umas cachaças e xingar o Dunga. Vi muita saia justa trabalhista por aí esse ano, coisa que nunca vi em edições anteriores.

Por outro lado, também não gosto de mau-humor ao extremo, tipo o cara que xinga o mundo e arruma briga por não querer se envolver com Copa do Mundo. Ou falar que futebol é alienante, uma ferramenta de dominação. Se o brasileiro tivesse uma opção às novelas e ao futebol na TV, como maior acesso a livros, teatro, cinema e boa música, tudo bem. Infelizmente futebol é a única diversão de muita gente que sai de casa às 4 da manhã e volta meia-noite todos os dias.

Mas tem uma coisa que me revolta ao extremo: é chamar o fulano que odeia futebol e Copa do Mundo de anti-patriota.

Caraca, o que patriotismo e futebol tem a ver?

Ganhar a Copa do Mundo vai melhorar a distribuição de renda? A saúde? A educação? Vai fazer nossos políticos tomarem vergonha na cara? Vai fazer o povão votar melhor? Não vejo ninguém no Brasil que ganhe diretamente com Copa do Mundo, exceto os pilantras da CBF e um punhado de emissoras de TV.

Você chamou seu chefe de anti-patriota porque ele não permitiu que você saísse do trabalho? Ou aquele seu colega que está torcendo por outra seleção, pois a considera um time melhor? Reflita um pouco: o que VOCÊ tem feito pelo país, além de soprar essa maldita vuvuzela no ouvido dos outros?

Beijocas,

Bia Kunze

Bia Kunze

Bia Kunze é dentista homecare, consultora em tecnologia móvel e comentarista da rádio CBN.

More Posts - Website - Twitter - Facebook - LinkedIn - Flickr - YouTube