Como dirigir nos EUA e não passar mico

Angry-Driver

Depois de um ano morando na região de Orlando (Flórida/EUA), se tornou muito fácil reconhecer quem é motorista local e quem não é. Basicamente, se eu estiver dirigindo e ficar com raiva ou frustrado, o motivo destes sentimentos foi um motorista estrangeiro e geralmente Brasileiro. Por isso, o motivo deste artigo é ajudar os outros motoristas à sua volta, evitar que você leve uma buzinada, que aqui é considerada uma grande ofensa, e uma bela multa.

Acredito que todo motorista deve apenas se aventurar a dirigir em território estrangeiro após tomar conhecimento das leis locais de trânsito, isso evita o mico e as multas, mas parece que isso não é regra entre o brasileiros, que as vezes até sem conhecimento suficiente da língua, alugam um carro e tomam as ruas, tornando o transito um inferno e colocando sua vida e bolso em risco.

Pretendo ser prático e objetivo aqui neste artigo e se você mantiver em mente o que aprender aqui, todos ganham.

Vamos às dicas:

Turn Right on Red: Virar a Direita no Sinal Vermelho.

redlightAo contrário do Brasil, é comum nos EUA que se vire à direita no sinal vermelho, com o objetivo de fazer o transito fluir de forma inteligente. Mas você deve dar a vez para os carros se aproximando, para pedestres, ciclistas, cachorros, tartarugas e o que mais estiver na preferência. Lembre que seu veículo deve ficar parado por pelo menos dois segundos, antes de prosseguir, mesmo que não exista nada impedindo seu caminho, faça isso sempre, pois caso o cruzamento possua RED LIGHT PHOTO ENFORCED, você poderá levar uma multa caso não pare por dois segundos. Porém, quando não for permitido virar à direita no vermelho, isso será mencionado, pois alguns cruzamentos são perigosos para a manobra. Portanto fique atento às placas: se houver uma placa escrita NO TURN ON RED, você não pode dobrar à direita no sinal vermelho. Se não tiver essa placa por favor aguarde dois segundos e VIRE, não espere o sinal abrir e ajude o trânsito.

Segue um vídeo para ajudar a demonstrar a manobra (em inglês):Imagem de Amostra do You Tube

 

Red Light Photo Enforced: Radar de Sinal Vermelho

red-light-photo-enforced-sign

Apesar de não existirem radares fixo de controle de velocidade, devido aos constantes acidentes em cruzamentos envolvendo motoristas que não param no semáforo quando devem, foram instalados em diversos cruzamentos perigosos os radares para quem fura o sinal vermelho. Se você ver essa placa, PHOTO ENFORCED, isso quer dizer que você poderá ser multado se furar o sinal vermelho. Portanto ao ver o sinal amarelo, diminua a velocidade e pare antes da linha branca, pois após ela está localizado o sensor.

 

Center Lane (Suicide Lane): Pista Central

centerlaneEssa pista tem a função de ajudar nas entradas e saídas da rua, você pode e deve usar essa pista para fazer uma conversão. Aqui é melhor dar um exemplo para ficar claro: Você esta na saída de um posto de gasolina e quer virar à esquerda numa via de mão dupla, mas existe trafego de ambos os lados, você aguarda um espaço seguro no fluxo de veículos e cruza a pista até a pista central e daí aguarda novamente um espaço no fluxo de veículos e entra na faixa desejada, simples assim!

Um vídeo talvez ajude a entender melhor essa dica. Imagem de Amostra do You Tube

 

Speed Limit: Limite de Velocidade

car-speed-limit-2É normal achar que você vai levar uma multa se não respeitar o limite de velocidade e isso vai acontecer mesmo, pois aqui os policiais ficam escondidos, segurando o radar (não existe radar eletrônico, famoso pardal.) e quando você passa acima da velocidade, ele vai atrás de ti, te para e pode ou não te dar uma multa, tudo depende de sua atitude ou desculpa. Mas aqui entra a dica: você pode transitar até cinco (5) milhas acima da velocidade que consta na placa, mas eu disse ATÉ, portanto não é seis, nem sete, é CINCO. E isso eu posso te garantir que é pratica comum e nenhum policial vai te parar por isso, portanto ajuste o piloto automático do seu carro para ATÉ cinco milhas acima da velocidade e curta o passeio.

 

Abastecendo seu carro

pumpE por falar em posto de gasolina,  você vai precisar abastecer seu carro e nos EUA o sistema é diferente, bem diferente, portanto vale muito prestar atenção nesta dica.

Não existe frentista, pois isso é coisa de gente acostumada a ser servida. Aqui é você que faz. As bombas de gasolina são automáticas. Basta colocar o cartão de crédito, digitar o zip code (CEP), retirar a mangueira e selecionar o tipo de combustível, que geralmente são 3 tipos de gasolina. Mas tem uma pegadinha: cartão emitido no Brasil não funciona na bomba de combustível, devido à impossibilidade de checar o CEP Brasileiro. Para resolver isso é fácil: você pode olhar o número bomba de combustível, entrar no posto e informar ao atendente no caixa o valor que deseja colocar e o número da bomba. (bom lembrar: nunca chute no inglês e diga “bomb”. Aliás evite essa palavra por aqui. Bomba de combustível é PUMP.) Por exemplo, você quer colocar 10 dólares na pump cinco, diga: “Ten on five, please.”. Eu nunca gostei de fazer isso pois é chato, perde muito tempo, sempre tem filas no caixa e você acaba nunca enchendo o tanque, porque precisa “chutar” quanto vai ser e adivinhar isso em Dólar e galão nunca é fácil pra quem pensa em Real e litros. Para resolver isso é fácil, vá num mercado, recomendo o Publix, procure o display, totem ou seção de gift cards e compre um gift card (cartão presente) de uma marca de posto, recomendo Shell ou Racetrac, geralmente os cartões possuem o valor de 25, 50 e 100 Dólares. Com o gift card em mãos, pare no posto coloque o cartão na bomba, escolha o tipo de gasolina e abasteça seu carro, simples assim.

 

Toll Road/Sunpass/EZPass: Pagando pedágio

tollplaza-sunpassEssa é uma dica extra, que vai gerar muita economia de dinheiro e tempo: compre um transponder do Sunpass, o sistema de pedágios da Florida. Você pode pensar que não vale a pena, pois vai usar uma ou duas vezes ao ano, mas leve em conta que eles não cobram mensalidade e os créditos não expiram. Sai mais barato que pagar para empresa de locação de carros que oferece a possibilidade de uso da pista Sunpass, pois cobram diárias pelo serviço e taxas para processar o pagamento. Também é mais cômodo, pois você não precisa parar a viagem, pegar filas, descobrir o valor do pedágio, pegar em dinheiro e pagar. E você vai encontrar pedágio pra todo em lado na Florida. Então,  vá no Publix e procure por um tótem que está em exposição o transponder do Sunpass, compre um com ventosa, para você poder tirar do veículo alugado no final e levar pra casa para utilizar na sua próxima viagem. Siga as instruções que constam na embalagem, que basicamente são para acessar o site sunpass.com, criar uma conta, cadastrar o veiculo e o transponder. Você vai precisar colocar créditos em sua conta para que o Sunpass cobre os pedágios, você pode colocar em dinheiro em alguns locais informados no site do Sunpass ou utilizar um cartão de crédito, mas nem todos os cartões emitidos no Brasil funcionam, mas vale a pena tentar.

 

Be Nice: Seja Legal (Seja educado)

beniceAgora uma última dica, quem nem deveria dar, mas pelo que vejo no transito é bom lembrar: Seja Legal, seja educado e não pense que aqui é Brasil, que você vai se safar se fizer besteira. Está na Interestadual e perdeu a saída? Tem a próxima, não precisa pisar com tudo no freio, se meter na frente dos carros e parar o transito porque sua majestade não quer andar mais uma milha. Seja educado e use o seu GPS, ele vai te mostrar o caminho e você evita de virar manchete de jornal porque provocou um acidente que parou uma rodovia por uma hora e acabou na prisão, hospital ou morgue. Não precisa desenhar, certo?

 

Seja bem-vindo aos EUA, seja bem-vindo à Florida e aproveite seu passeio com prazer, civilidade, educação e respeito.

Se esqueci de algo, deixe sua pergunta ou dica nos comentários, que vou respondendo e atualizando o artigo.

lyftSe depois de tudo isso você acha melhor não se preocupar e se estressar, talvez seja melhor você deixar o carro no hotel ou Airbnb e experimentar o Lyft, que é um serviço de motorista de aluguel, que eu considero o Táxi 2.0. Baixe o aplicativo, crie sua conta, chame o Lyft e um carro irá até onde você está e te levará até onde deseja ir, sem se preocupar com transito, leis, multas, pedágios, estacionamento e etc.

 

 

Podcaster Brasileiro, Consultor em TI, Empreendedor e Livre Pensador.

Facebook Twitter LinkedIn Google+ Flickr YouTube Vimeo